Translate

domingo, 13 de abril de 2014

Reflexão da Palavra de Deus: O Poder Das Palavras

“A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto”
Pv. 18.21

Você já parou para pensar no poder que as palavras têm, como um simples elogio pode tornar o dia de uma pessoa maravilhoso e como uma critica pode destruí-lo, qual foi a ultima vez que você elogiou alguém, ou reconheceu seus feitos, por mais simples que sejam os feitos daquela pessoa que você tanto ama.
Há pessoas que vivem amarguradas, com os corações despedaçados, incapazes de falar coisas boas, em parte porque as pessoas que estão em sua volta lhe dirigem palavras desagradáveis e em parte também porque estas pessoas que vivem com os corações amargurados insistem em proferir palavras negativas sobre todos aqueles que estão em sua volta, são criticas em tudo, como o Senhor fala em Lucas 6.45 “da abundancia do coração fala a boca”, ora estas pessoas estão cheias de rancor e angustia tem seus corações apodrecidos por maus pensamentos e são incapazes de mudar está realidade, somente a Palavra de Deus e a ação do Espírito santo poderão transformar este coração de pedra em um coração de carne.
Quantos casamentos não tem se destruído, quantas amizades de longos anos tem se desfeito, quantos relacionamentos familiares tem sofrido por causa das palavras mal empregadas, palavras que deveriam gerar vida, mas que distanciaram pessoas e destruíram relacionamentos, meus amados neste dia eu rogo que preste bastante atenção nas palavras que saem da sua boca, pois primeiramente elas falam do que há no seu coração e podem ou não fortalecer as suas relações, talvez o seu casamento só precise de algumas palavras de afirmação, talvez seu filho esteja precisando de algumas palavras de apoio, talvez seu amigo só precise de palavras mais brandas e sinceras.
Cuide do que sai dos seus lábios pois “uma língua saudável é árvore de vida, mas a perversidade nela quebranta o espírito” Pv. 15.4.
Oração

Senhor, que meus lábios possam proferir palavras boas, mesmo quando penso em falar mau que o bom tesouro do meu coração possa transformar estes maus pensamentos em palavras de amor e animo para aqueles que estão em minha volta, Senhor que eu nunca venha destruir meus relacionamentos por causa das palavras que eu fale mas que assim como o teu servo Paulo instruiu ao jovem Tito, eu também possa ter uma “Linguagem sã e irrepreensível” Tt 2.8, Senhor guarda os meus lábios de falarem o mal, em nome de Jesus, Amem.


Dc. Jonas Rocha            
jonasrochasilva@gmail.com     
AD. Colônia - Min. Templo Central
Postar um comentário